» Agenda Maio. 08 «

30 Seconds To Mars
3 de Maio, Pavilhão Atlântico
Adriana Calcanhoto
19 e 20 de Maio, Coliseu dos Recreios
24 de Maio, Torres Vedras
29 e 30 de Maio, Coliseu do Porto
31 de Maio, Guimarães
Bebel Gilberto
12 de Maio, Casa da Música
13 de Maio, Aula Magna
Bobby McFerrin
12 de Maio, Coliseu dos Recreios
13 de Maio, Casa da Música
Cat Power
26 de Maio, Coliseu dos Recreios
28 de Maio, Coliseu do Porto
Einstürzende Neubauten
3 de Maio, Casa da Música
4 de Maio, Aula Magna
Joe Cocker
21 de Maio, Pavilhão Municipal de Gaia
Nouvelle Vague
16 de Maio, Açores
The National
11 de Maio, Aula Magna

»Ver mais agenda AQUI

Posts recentes

World Music em Leiria

subscrever feeds

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

World Music em Leiria


Leiria recebe, esta quinta-feira, dois grandes nomes da world music: Vieux Farka Touré e Tinariwen. Juntos formam o alinhamento do “Festival do Deserto”, a decorrer no Teatro José Lúcio da Silva, pelas 21:30.

 

Vieux Farka Touré (filho do falecido Ali Farka Touré, a maior lenda do blues africano), que se tornou músico contrariando o pai, cedo começou a tocar percussões em bandas locais. Em 1999, entra no National Arts Institute em Bamako para aprender a tocar guitarra (tal como o seu pai).

 

A maneira como se exprime na guitarra (o som que cria, as melodias, os solos) tem deixado alguns dos melhores guitarristas impressionados pelo seu dom: Carlos Santana, Eric Clapton e Ry Cooder são alguns dos seus fãs. Os seus concertos sempre electrizantes onde se combinam as linguagens rock, reggae e pop não têm deixado ninguém indiferente. Lança agora o seu primeiro disco onde se podem escutar a kora de Toumani Diabaté e, a guitarra do seu pai, Ali Farka Touré, na sua última gravação.

 

Os Tinariwen têm-se destacado desde há dois anos a esta parte como um dos grupos de maior expressão da chamada world music com tours ininterruptas por todo o mundo (numa delas chegaram a abrir alguns concertos para os Rolling Stones). O disco novo, Aman Iman: Water Is Life é o mote principal deste concerto. O som dos Tinariwen navega entre os blues, o jazz, o rock e a música étnica e tal como a maioria do rock que se faz e que sempre se fez, traz uma mensagem a quem ouve: uma mensagem politizada, de alerta, de esperança e de paz. Do seu já grande número de fãs incondicionais encontram-se Thom Yorke (Radiohead), Bono (U2), Robert Plant (Led Zeppelin) e Carlos Santana.

publicado por JN às 15:47

link do post | comentar | favorito

Tags

todas as tags